O Primeiro Grande Duelo pelo Título

Num jogo em que se disputava o primeiro lugar do campeonato, foram os leões a levar a melhor e a recuperar a liderança.

Os 11s

Os da casa apresentaram um 11 http://lineupbuilder.com/?sk=9m32v em que se destacam:
- A presença de William Carvalho e Bryan Ruiz, expectáveis em função do habitual "bluff" de Jorge Jesus antes de grandes jogos;
- A opção por Naldo relativamente a Ewerton, que acaba de regressar após mais uma paragem;
- A introdução de Matheus Pereira no lugar habitualmente ocupado por Teo Gutiérrez, mas caindo sobre um dos flancos.

Nos azuis e brancos http://lineupbuilder.com/?sk=9m32k salientam-se:
- A confirmação de Indi e Maicon como a dupla de centrais preferencial para Julen Lopetegui nesta altura da época;
- A opção por Jesús Corona relativamente a André André, sobre quem o treinador portista disse não estar ainda com o ritmo competitivo ideal.


Por detrás das escolhas iniciais
Num segundo olhar sobre as equipas iniciais escolhidas por ambos os treinadores:

- Percebe-se a aposta de JJ, colocando em jogo um jovem que tem demonstrado um elevado potencial em quase todas as oportunidades de que dispõe, sendo Matheus um elemento que - a priori - o FCP não se teria preparado para contrariar;
- Por outro lado, a capacidade para atacar de frente a partir de outras posições comparativamente a Montero ou Aquilani, fazem dele um elemento potenciador das deambulações que Bryan Ruiz e, sobretudo João Mário tanto gostam;
- Seria igualmente equacionável a titularidade de Gelson Martins, que parece estar um patamar acima de Matheus, mostrando não só uma grande consistência exibicional, como acima de tudo uma velocidade, capacidade de decisão, finalização e auxílio defensivo que fazem dele um jogador já muito completo;
- Ao preterir Ewerton, Jorge Jesus abdica de um central mais forte na antecipação, na finalização e tecnicamente mais evoluído, mas que fisicamente seria uma incógnita;

- Lopetegui aposta em Layún como lateral-esquerdo numa defesa a 4, algo que não aconteceu no último "jogo-grande", talvez por calcular que João Mário -.que apenas poderia procurar o um-para-um para fazer cruzamentos - apareceria por aquele lado;
- O meio-campo que escolheu parecia incluir os 3 médios em melhor momento de forma, pelo que desta vez não se lhe pode dizer que "inventou";
- A não opção por André André - o melhor jogador do FC Porto esta época, até ao momento, merece o benefício da dúvida, quer pelo facto de ainda não estar no ritmo ideal, quer porque Corona até foi um dos melhores portistas esta noite.

A Dinâmica do Jogo
Analisando a dinâmica do jogo, o FC Porto perde o jogo mais por demérito próprio do que por grande superioridade leonina:
- Até ao primeiro golo, o jogo estava muito equilibrado, talvez com ligeiro ascendente portista;
- O 1-0 resulta de um fantástico cruzamento de Jefferson, com cabeceamento a condizer por parte de Slimani, mas Danilo Pereira falha a antecipação e Indi não faz a dobra;
- O FCP reage de forma pálida e pouco fluída à desvantagem no marcador, revelando mais uma vez dificuldade em "dar a volta" a momentos delicados nos jogos;
- A entrada de André André melhorou um pouco a circulação de bola e consequente chegada à área sportinguista, mas apesar da desinspiração de Rúben Neves, Herrera estaria ainda um furo abaixo;
- A adição de André Silva foi ainda menos produtiva, com a opçãoAboubakar - sem que algum médio aparecesse na área, vindo de tràs, para finalizar - a deixá-lo demasiado só na frente: dispôs de apenas uma ocasião para marcar;
por retirar
- Do outro lado, Gelson entrou bem e ajudou a desestabilizar Maxi Pereira (poderia ter sido expulso);
- O Sporting foi criando perigo tirando - inteligentemente - partido da desorganização defensiva do FC Porto que, mesmo não atacando em bloco, não deixava de se desequilibrar defensivamente: o 2-0 acaba por surgir naturalmente.

O Apito Final
Para a história fica a 4.ª vitória do Sporting em outros tantos jogos com os principais rivais, sendo que o FC Porto apenas venceu um "jogo grande" - contra o Benfica - em todas as competições.