O futuro de André Carrillo: boa aposta?


Provavelmente ainda haverá muitos capítulos sobre este tema, mas aparentemente o futuro clube de Carrillo está mesmo definido. O peruano muda-se para o outro lado da Segunda Circular, naquilo que não deixa de representar uma “desforra” das águias relativamente à mudança de Jorge Jesus em sentido contrário, no início da época.
Resta, no entanto, a questão: será uma boa aposta para cada uma das partes?

SL Benfica
O Benfica fica com um jogador que no início desta época parece ter atingido o pico de maturidade competitiva, deixando de ser opção quando era considerado o melhor valor individual dos leões. Tanto aumenta a qualidade nos flancos ofensivos, como enfraquece o rival numa das suas melhores unidades.
Além disso, adquire um jogador sem ter de pagar um cêntimo ao rival! Porém, os encargos extra são elevados e ficam todos a seu cargo: prémio de assinatura, intermediação do empresário e prémios por objectivos, pelo menos.
Por outro lado, trata-se de um reforço para uma posição já muito preenchida: há Pizzi, há Gonçalo Guedes, há Carcela e ainda o actualmente lesionado Salvio! Como gerirá Rui Vitória os índices de motivação e competitividade interna? Negociará Luís Filipe Vieira um ou dois destes activos?


Sporting CP
Para os leões é a perda de um dos melhores jogadores. Porém, o facto de Bruno de Carvalho ter excluído Carrillo da equipa - desde que percebeu que não renovaria – foi compensado por Jorge Jesus: ora com o reposicionamento de João Mário, ora com a aposta em Gelson Martins.
Assim, o SCP tem vindo – proactivamente - a preparar-se para a perda, de tal forma que já nem se coloca a situação nesses termos: pensa-se, isso sim, qual seria o ganho extra se o extremo estivesse ao dispor do treinador.
A nível financeiro, o paradigma anterior também se aplica.
O mais negativo será, ainda assim, o fortalecimento do rival e o que isso implica para a imagem de BdC junto da sua massa adepta.

Carrillo
André Carrillo vê - finalmente - o seu futuro resolvido, o que trará mais tranquilidade. O facto de o desenlace se ter dado meses antes da mudança permitirá que se prepare, desde já, para uma realidade que não se antevê fácil. Por um lado terá os benfiquistas do seu lado, por outro terá – pelo menos – a maioria dos sportinguistas contra si.
Financeiramente consegue um excelente contrato.
Desportivamente é uma opção positiva, na perspectiva de que o Benfica tem proporcionado uma visibilidade muito elevada aos seus jogadores, valorizando-os em muitos milhões de euros
Fica, todavia, a sensação de que ter chegado a acordo com o Sporting para um transferência imediata teria evitado o prolongamento desta longa quebra competitiva e o perigo de exclusão temporária da selecção do Peru nos próximos compromissos importantes.

O desafio
Depois da confirmação do acordo do extremo peruano, o Sporting confirmou a inscrição do jogador para a próxima fase da Liga Europa. Jogo psicológico?
Se o processo disciplinar ficar concluído, Carrillo poderá ser reintegrado e colocado à disposição de JJ. E se for utilizado contra o Benfica?
Certo é que o clima de hostilidade e crispação entre os colossos lisboetas, que não beneficia ninguém, é a pior de todas as consequências e o que importa - agora e no futuro próximo - conter.