Indiana Jonas e o Diabo vermelho


Venerado pelos adeptos benfiquistas, odiado pelos outros, Jonas desencadeia paixões. Objectivamente é um grande avançado, capaz de marcar golos de qualquer das maneiras, encontrando posições de remate com muita facilidade. Amanhã Indiana Jonas (como já foi chamado na imprensa portuguesa) terá de explorar um dos territórios mais perigosos do mundo do futebol: o Teatro dos Sonhos de Manchester.
A deslocação do Benfica em Old Trafford anuncia-se complicada. A equipa de José Mourinho vem de uma vitória contra o Tottenham, um triunfo importante para serenar os ânimos depois de alguns episódios político-desportivos tensos. Sem Pogba e com Ibrahimovic em fase de recuperação, alguns jogadores estão na ribalta, como é o caso com Romelu Lukaku.
A grande contratação do verão 2017 dos Red Devils é criticado por alguns adeptos. No dia de Halloween, Lukaku não tem outra hipótese a não ser transformar-se em diabo vermelho para aterrorizar uma equipa portuguesa à procura imperativamente da vitória após três derrotas nessa fase de grupos. “Diable Rouge” na Bélgica ou “Red Devil” no seu clube, Lukaku parece estar mesmo ligado ao Príncipe das Trevas.
As águias serão capaz de domar o “monstro” belga? Jonas liderará o Benfica numa última cruzada na Liga dos Campeões? Resposta amanhã, dia das bruxas e dos rebuçados, às 19h45.